Uso de drones no espaço aéreo: confira 5 dicas de ouro para o uso

1 de setembro de 2017

Dicas

Cada vez mais populares, os drones são aparelhos automatizados que não necessitam de pessoas a bordo para o seu uso. Lembra do carrinho de controle remoto? O drone funciona de forma parecida, com controle à distância. 

Outro ponto atrativo dessa tecnologia é a possibilidade de transportar equipamentos, como câmeras e sensores. Já pensou nas fotos incríveis que um drone pode tirar? As possibilidades de uso comercial também são bastante diversificadas.

Ao utilizar os drones, é importante que você siga algumas práticas essenciais para o bom desempenho dos aparelhos.

Por isso, separamos cinco dicas de ouro para o uso de drones no espaço aéreo. Confira!

Fique longe das áreas de segurança

Drones não devem sobrevoar áreas de segurança, como quartéis, delegacias, presídios ou instalações militares, e também infraestruturas críticas, como usinas termelétricas ou estações de distribuição de energia.

Além de colocar em risco a vida de muitas pessoas, quem voa próximo a esses locais pode sofrer penalidades. É melhor manter distância.

Evite o uso de drones em proximidade com aeroportos

Para não atrapalhar as operações em aeroportos e heliportos, os drones devem manter uma distância de mais de 5 km em voos mais baixos (de até 100 pés) e de no mínimo 9 km para voos entre 100 pés e 400 pés. Se for necessário que o drone se aproxime de algum campo de aviação, é obrigatória uma autorização

Se você pretende usar o drone para sua recreação, busque um lugar adequado, longe de pessoas, edifícios e aeronaves, como os locais destinados ao aeromodelismo.

Faça manutenção no seu drone

Antes, durante e após o voo, verifique os procedimentos previstos pelo fabricante. A manutenção constante aumenta a vida útil do drone e também a segurança operacional. Cumpra sempre o check-list para evitar problemas. 

Também é preciso observar as limitações operacionais da aeronave. Não esqueça de estudar os manuais de operação e de emergência do aparelho. Com isso, você saberá como agir em situações atípicas.

Dê preferência para voos durante o dia

Quando você estiver voando com um drone, é melhor que a aeronave não saia do seu campo de visão. Por isso, aproveite o período do dia. Em voos noturnos, como não há muita luz, a visão acaba sendo prejudicada.

A visualização prejudicada pode causar acidentes com seu equipamento ou gerar danos a terceiros. Assim, além de tomar o cuidado de manter o drone no seu campo visual, a contratação de um seguro é um cuidado a mais.

Mantenha pelo menos 30m de distância de propriedades

Alguns drones podem ser utilizados para prestação de serviços próximos a edifícios, como inspeção na fachada do prédio ou verificação de linhas de transmissão de eletricidade. Porém, se você não tiver autorização do proprietário, é bom manter uma distância horizontal mínima de 30 metros de edificações.

Lembre-se também do direito à privacidade, então evite se aproximar muito de pessoas sem que elas tenham consentido.

Além de tudo isso, mesmo que seja só para uso recreativo, por serem consideradas aeronaves, os drones precisam atender à legislação em vigor, além do registro na Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL). Também é importante conhecer as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para voar mais tranquilo e, nos casos de uso comercial, o seguro é obrigatório. 

Gostou das nossas dicas do uso de drones? Então, curta nossa página no Facebook para continuar informado sobre o assunto. 

bemsegurocomvc

A bemseguro.com.vc é o resultado do sonho de um grupo de executivos do mercado segurador. Desenvolvemos um ambiente cooperativo e meritocrático, privilegiando o cliente ao negócio. Para nós, o cliente deve ser perene e recorrente, gostamos de construir relações de longo prazo.


Join the Discussion